quarta-feira, 9 de maio de 2012

UNIVERCIDADE * GAMA FILHO * QUEM SABE? INTERVENÇÃO JUDICIAL!!! AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS VEREADORES. RESULTADO DA ASSEMBLEIA REALIZADA NO DIA 9 DE MAIO AS 18 HORAS. NÃO PERCAM! CONTINUEM EM FRENTE. A GREVE CONTINUA!!! ASSEMBLEIA DIA 16 DE MAIO AS 18 HORAS. FIRMES NOS SEUS PROPÓSITOS!

ATENÇÃO!!!

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DE VEREADORES!

VAMOS ENCHER O PLENÁRIO DA CÂMARA!



A CPI DA EDUCAÇÃO ESTÁ SE APROXIMANDO! FINALMENTE! AGUARDEM O AVISO!

UNIVERCIDADE. UNIDADES VAZIAS! FECHADAS!  OS PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS MERECEM RESPEITO, SRS. GESTORES!

NÃO RECUAREMOS!













Saudações

77 comentários:

  1. Como era de se esperar, nenhum depósito ou explicação. Todos na assembleia!

    ResponderExcluir
  2. saiu alguma coisa no Banquinho Mercantilzinho? pois no meu outro banco nada de salários...!!!

    Bando de safados... quero ver alguém dizer: "vamos dar um voto de confiança..."

    já sabe onde enfiar esse voto de confiança...

    ResponderExcluir
  3. Pessoal, enquanto estamos aqui sem salários, o Sr. Márcio André Mendes Costa viajou nessa semana para França (vejam o face dele onde o próprio escreveu seu rumo)!!!! Uma vergonha

    ResponderExcluir
  4. Ele foi para a França comprar perfumes pois a coisa vai feder....

    ah.. ele foi fazer compras usando nossos salários...

    Continuem dando aulas seus trouxas...

    acho que eles está com medinho....

    Vamos fazer panelaço na frente do prédio onde ele mora... aí ele vai querer um elevador privativo para não encarar os vizinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia! Genial! mas não esqueçamos da casa do Ronald e do Cantieri.

      O negócio é partir para a CPI.

      Quero saber quem é de fato este grupo Galilleo!

      Quem o esta financiando!

      Vão acabar descobrindo dinheiro do cachoeira nesta "jogada".

      Excluir
  5. Aí Marcião, na França....???

    Abajourrrr, Carrefourrrrrrr, Peti-poa, champagnhe...

    Au revoirrrrr para os salários dos professores e funcionários...!!!

    Quando nosso salário saiu... e não disse para onde iria... hahaha, o Márcio agora vai dar volta ao mundo procurando nossos salários...

    ResponderExcluir
  6. voto de confiança.... de Cantieri.... esse é um verdadeiro Pai da MENTIRA!!! ta arriscado um dia alguem dar um SOCO nele quando ele falar em dar voto de confiança...

    ResponderExcluir
  7. Só se for Voto desconfiança! Com homens sem palavra não sefaz acordo! Talvez ele passe em algum paraíso fiscal, dá uma paradinha numa conta fantasma e pega dinheiro para nos pagar.

    ResponderExcluir
  8. Não há depósito de pagamento,nem no banco original,nem na nova mercearia.

    ResponderExcluir
  9. Prezados amigos, hoje aconteceu uma reunião secreta na sede desta porcaria de instituição entre os pró reitores e os coordenadores administrativos. Será que eles foram pedir novamente, para os coordenadores que não estão recebendo há mais de dois meses, contactarem os professores e pedir um voto de confiança????? hahahahahahaha
    Aquele discurso de que a UGF se reergueu com base em confiança é baléla. A UGF só começou a colocar os salários em dia porque recebeu os boletos dos alunos da UC, que são maioria, e desviou para os professores e administrativos de lá. E nós ficamos a ver navios. Mas foi outro tiro no pé. Sem dar nenhuma satisfação nós entramos em greve, em seguida nossos alunos se transferiram, ou trancaram matrículas ou mesmo fizeram depóssitos em juízo. Este mês nem os queridinhos da UGF receberam seus salários e também vão parar junto com os administrativos que não recebem nem vale transporte mais.

    ResponderExcluir
  10. Aí galera da praça XI, estão acreditando agrora, ou ainda vão continuar fazendo caridade,trabalhando de graça para o "roninho", Saue patetas.

    ResponderExcluir
  11. Pessoal da Gama, coloquem as barbas de molho, dia 9 e nada.Começem a se movimentar, cuidado..................

    ResponderExcluir
  12. é .... a UGF não pagou seus funcionários e fontes (como sempre) falam que o "tal" Cantieri reformulou seu discurso dizendo que o Dinheiro foi depositado e amanhã entrará na conta... AGORA BASTA LÁ SABER DE QUEM NÉ!!! pois foi a mesma coisa que ele falou para os professores e Funcionários e fex um "lindo discurso! enganando tbm os alunos!! CHEGA DE MENTIRA CANTIERI!!! amnhã funcionários mais uma vez farão uma assembléia em frente a SEDE e se puder professores e alunos também serão bem vindo e quanto mais gente melhor ainda pois eles já estão mais queimados que nunca!!! Cantieri então... nem se fala!!!! ai Funcionários e professores da UGF.... aguardem agora chegou a vez de vcs!!! hahahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depositou o salário? De que mês? Na minha conta não tem nada! Não se dá voto de confiança a bandidos, homens sem palavra.

      E o FGTS,decimos terceiros, e a homologação dos nossos colegas demitidos e a anulação da demissão para aqueles que desejam continuar.

      Só trabalho se estes cretinos entrarem no rumo da lei integralmente!

      Excluir
  13. Esperem na Rua Sete de Setembro, após as 23h e bem queietinhos e verão o Sr Wando Cantieri e seus comparsas, saindo escoltados por seguranças em carros blindados. Sabe quem está pagando por estas barreiras de homem cagão? Nós estamos pagando, com os salários que deveriam estar sendo depositados em nossas contas. Os salários de todos os pró-reitores estão sendo "por fora" como sempre ocorreu. E detalhe, eles recebem todo dia 1º. Tendo ounão dinheiro. Só a folha dos pró reitores é mais alta que toda a folha de professores. A nova placa do Estadio do Engenhão custou mais que a folha de pagamento dos funcionários..... A troca das logomarcas nas Unidades, no site e nos anúncios publcitários também custou muito mais que o dobro da nossa folha de pagamento.
    Será que vamos esperar até quando para que alguém com vergonha na cara no MP ou na PF resolva fazer uma devassas nessas contas, nessas transações, na tal da Galileo e não fique só assistindo, com medo de ter sua brilhante carreira jogada fora?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim que eles vão desviando o dinheiro que deveria servir para respeitar nossos direitos!

      Excluir
  14. Amigos, por favor não façam atos de vandalismo. Não batam nos administradores, não risquem a pintura dos carros deles, não taquem fogo nas Unidades, não pichem as paredes com palavras de baixo calão, não divulguem seus endereços para que outros mandem caixas com coco de cavalo pelo correio e coisas deste tipo. Senão eles podem ficar magoadinhos e passam a não pagar mais os salários dos funcionários....hahahahahaha

    ResponderExcluir
  15. Prezados Professores,
    Existe alguma possibilidade deste período ainda ser retomado? Até que data mais ou menos isso ficaria inviável? Ou como disse um professor, nosso semestre já está de fato perdido?
    Grato por uma resposta. Estou a postos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu como aluna te respondo: O SEMESTRE ESTÁ PERDIDO. Se sem a greve já é difícil para o professor passar todo o conteúdo programático, imagina com ela. E vocês professores não venham com essa conversa de esticar o período letivo do semestre até julho, pois o nosso calendário normal já vai até julho, caso vocês não saibam.

      E ai qual seria a solução?????????????????? Aguardo respostas............

      Excluir
    2. A solução é muito simples. Apenas pagar os salários que as aulas voltam ao normal e os alunos concluem o semestre. Fácil, não é?

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Não , não é fácil. Mais de um mês já foi perdido sem perspectiva nenhuma de solução do caso. Não vão haver datas livres para compensação. O que vai ser feito? Vão inventar novas datas no calendário de 2012 para que o julho se estenda até o dia 40 ou 50 ou haverão aulas de tempo integral no sabado e domingo???

      Excluir
    5. Aluna Anônimo9 de maio de 2012 22:06

      como um colega acima respondeu eu tbm respondo pq vc não vai a assembleias e como fato cobra tbm de seus reitores da instituição??? pois não somos nós professores e também falando pelos funcionários que estamos atrasando nada não. se vc esta pagando OTIMO vc esta cumprindo o que é de direito seu sim. mais o que vc esta pagando esta sendo empregado aonde??? pode me responder??? eu não posso fazer isso por vc mais sei quem pode responder por todos esses atos!! Reitor da Instituição!!! faça como seus colegas (hoje mesmo) irão fazer uma manifestação na SEDE. Brigue pelos seus direitos pois a culpa pelo que estou vendo vc acha que é dos professores né!! assim como alguns também acham!!! mais a grande maioria esta do nosso lado pois sabem da nossa situação que se estende desde 2003. e se vc fosse uma Professora??? estaria contente com essa situação??? Aguardo sua Resposta também????

      Excluir
    6. Aluna " 10 de maio de 2012 08:05" tiro o chapéu para o seu comentário. Vê-se que a colega de "09 de maio às 22:06" está praticamente culpando o professores pelo ocorrido. É o típico individualismo. Onde está empatia? Será que ela consegue se colocar no lugar do próximo? E se ela fosse professora tendo como fonte de renda apenas a UniverCidade (ou ainda que tivesse outras fontes de renda, ñ importa)será que ela teria resposta para a própria pergunta que fez? Pessoal, "pimenta no_____dos outros é refresco". Também sou aluno e tb estou lesado. Os que causaram esse APOCALIPSE estão lá no Topo da Pirâmide. Com certeza se acham acima do bem e do mal. E talvez mesmo sejam nessa pseudo democracia em que vivemos. Compram todo mundo. Para essas pessoas faço questão de cantar um trecho da música do Cazuza (que o admirava apenas como letrista e cantor) "O tempo não pára" => "...a tua piscina tá cheia de ratos, tuas idéias não correspondem aos fatos ....

      Excluir
  16. O que conversavam tanto hoje na reuniao dos coordenadores, na sede, o Bayard e o Tony Levinsonh, marido da Sra Claudia. Os representantes do Ronald e do Paulo Gama falaram e nada disseram de concreto. O Cantieri falou mentiras torpes e a tal vice reitora Fernando ficou quase que muda. E os salarios? Se essa merda de UC tivesse sido mesmo vendida para a Galileia por que o Ronald porquinho mandaria representante? Sera que ele nao esta recebendo os deus alugueis? Irmãos, quanta vergonha? Que corja imunda. Cafajestes, bandidos, ladrões. Greve. Greve e Fora Cantieri.

    ResponderExcluir
  17. Cadê o Vinhais e o Alexandre Paiva? Vão doar aula amanhã?
    O Alexandre até entendemos que finja doar aula, mas o Vinhais........
    Será que ele também recebe por fora, igual ao Alexandre??

    ResponderExcluir
  18. Vou fazer uma proposta: estamos fazendo passeata na porta da 7 de Setembro e querem marcar agora na UGF. Podemos nos reunir na casa do Cantieri, Ronald e Braga. O que acham?

    ResponderExcluir
  19. To com medo da instituição não voltar mais a funcionar, as instituições estão fechadas, a greve não esta fazendo com que eles paguem os professores, contas bloqueadas, estou temendo pelo futuro dos professores e dos alunos.

    O que acha dessa questão professor brasileiro?

    Att.

    Todos Unidos!

    ResponderExcluir
  20. Vamos ser objetivos?
    A Galileo não tem pecúnia, obrou debentures de 100 milhões sobre os créditos da Gama Filho.
    O Ronald é macaco muito velho, não vai botar "dinheiro bom" em cima do que não quer!
    Quem são os principais credores?
    Professores e funcionários!
    Que assumam as Instituições, com seus créditos!
    A Ciferal, no RJ, estava na mesma situação e foi TOMADA pelos funcionários.
    Segue: "Anônimo - 05/10/2011
    CIFERAL
    Correção a CIFERAL não foi "estatizada". O Governo Leonel Brizola salvou a CIFERAL dá falência, em nome de seus funcionários, que bateram a sua porta, pedindo uma solução,para que não deixassem diversos profissionais na rua!!
    Assim que o Governo assumiu, lançou novo modelo, Comprou carros Volvos para a CTC, criou-se as linhas 460/461/462/463, e a CIFERAL lançou modelo de grande sucesso de vendas, a Fabrica, saiu da Falência,da Concordata, Capitalizou-se novamente,começou a dar lucro e incomodar a Marcopolo.
    Assim que a Fabrica mudou-se para Xerem,foi "vendida" para a MArcopolo.
    Diga-se de passagem, que a mesma comprou, e já quiz fechar a Fabrica, manobra "guilotinada" pelo Deputados estaduais do RJ."
    ================
    O pessoal da Univercidade DEVE pleitear o mesmo e utilizar o ativo trabalhista como capital.
    Insistir em Levinson, Galileo e etc é perda de tempo!
    O passivo trabalhista do Levinson é enorme.... eu sei.... como sei... e ninguém irá assumir!
    Professores e funcionários, assumam a Instituição!
    Tornem-se sócios, cotistas, seja lá o que for.
    Coloquem Gama e Univercidade de pé, lucro ela dará, sem o passivo trabalhista.
    Que é um direito que vocês não verão jamais!
    Sou economista, mas vivi 04 anos no escritório de um dos maiores advogados do RJ.
    Brigar na Justiça contra "eles", é penoso e insalubre.
    Esqueçam o passado, transformem seus créditos em ação!
    Ou feneçam, já que, isoladamente, nem em 20 anos vocês escutarão o som de moedas.
    Levinson é muito, muito.... forte, infelizmente!
    Não posso alongar.
    Bom, já esgotei, já expus a melhor e mais rápida solução.
    A briga não é minha, diretamente.
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... já disse para quem de direito que deveriam requerer uma INTERVENÇÃO JUDICIAL e daí ser nomeado um INTERVENTOR. Essa sua hipótese cabe.

      Contudo é uma burocracia descomunal. Essas providências demoram muito na justiça. "Tem que haver agilização".

      A ASSESPA pelo visto continua mantenedora e deve estar na bancarrota. Não existe documentação "registrada" nos órgãos competentes e assim a GALILEO não tem legalmente nada a ver... pesquisei muito e legalmente nada têm.

      Ronald Levinshon pelo visto está atrás dos bastidores.

      As debêntures (contrato de empréstimo) emitidas com garantia dos recebíveis dos alunos estão paralisadas por algum motivo legal. Onde está o dinheiro dos alunos?

      A GALILEO por sua vez que declarou estar com os recebíveis dos alunos para garantir o empréstimo não tem documentação legal para isso...

      Uma AUDITORIA seria ideal e também um escritório especializado na área empresarial e tributária para descobrir isso. Somente trabalhista não será o suficiente. Aqui também temos crimes contra as relações do trabalho e outros...

      Desde 2009 estou dizendo: INTERVENÇÃO JUDICIAL. Daí seria decidido qual a melhor forma de tentar recuperar a Instituição para preservação dos empregos e dos estudos dos alunos que é o importante.

      O professores e alunos, aqui fora, nada podem fazer a não ser pressão por GREVE.Entendo também não ser o suficiente.

      Precisamos de mais dados.Eu também não estou diretamente ligado a essa briga, pois não estou mais na Instituição desde 2009. Houve retaliação por motivos óbvios. Mas continuo me solidarizando "diretamente', pois sou PROFESSOR e sinto como se fosse comigo.

      Abraço.

      Excluir
    2. Professor, sem auditoria, sem nada!
      Créditos em troca da Instituição.
      E fim, mundo novo!
      Ninguém ganha nada de Levinson na Justiça, creia-me.
      Foram 08 anos de minha vida contra um similar e ganhei enorme experiência, apenas.
      O mundo real é mais embaixo, Mestre.
      Abraços.

      Excluir
    3. Entendo o que diz. Só que de outra forma não se consegue isso. É briga de cachorro grande e necessita que haja um nível equilibrado de defensores da mesma estirpe (no bom sentido).

      A desigualdade é muito grande! Infelizmente uns nasceram para mandar e outros para serem mandados e continua como no tempo em que os plebeus tinham suas casas incendiadas por não pagar impostos.Ou tinham seu corpos mutilados por não pagarem seus débitos. Tudo isso de forma injusta e desigual, como até hoje permanece com os órgãos cadastrais.

      O sistema é o mesmo. Todo o cuidado é pouco...

      Excluir
    4. Professor Brasileiro,quem tem a prerrogativa para pedir a intervenção judicial? Vamos presionar!!

      Excluir
    5. É uma ideia interessante, a de converter o passivo em créditos,mas por outro lado discordo desta história de que o Ronald é muito forte. Todo forte tem um fraco. Ele também tem, mais de um até. Neste fraco, ele tomba como uma galinha. Está chegandoa hora!???

      Excluir
    6. Para que vocês enham uma ideia de INTERVENÇÃO JDUICIAL , nomeando um INTERVENTOR, vejam o exmeplo a seguir:

      MPT pede liminarmente a intervenção judicial da Universidade Tuiuti do PR
      Procuradora quer afastamento do reitor por no mínimo 12 meses.
      Pedido é baseado no descumprimento de uma série de direitos trabalhistas

      O Ministério Público do Trabalho (MPT) pediu liminarmente a intervenção judicial da Universidade Tuiuti do Paraná, que possui sedes em Curitiba. A procuradora Margaret Matos de Carvalho requer o afastamento do reitor e da mantenedora da instituição por 12 meses, prorrogáveis até que até que seja possível a efetiva autogestão do empreendimento pelos empregados.
      O pedido foi feito na segunda-feira (6), tendo em vista a negligência há anos no cumprimento de direitos básicos de empregados. Entre os problemas, estão o não fornecimento de vale-alimentação e vale-transporte, a dispensa em massa de professores ocorrida no final de 2011, a falta de pagamentos de salários desde dezembro, o atraso no pagamento de férias, o não recolhimento do FGTS, a apropriação indébita de valores descontados a título de contribuições previdenciárias, e rescisões de contratos sem pagamentos de indenização. Em 2003, uma Ação Civil Pública foi ajuizada pelo MPT para que a legislação trabalhista fosse cumprida, o que não ocorreu, de acordo com a procuradora.
      Para Carvalho, propor a execução da ação judicial já existente não seria efetivo. “Além de não assegurar a imediata observância da legislação trabalhista, apenas se somaria ao passivo já contraído em decorrência de sua recalcitrância em cumprir com suas obrigações legais e contratuais”, observou.
      Como solução, a procuradora propõe uma intervenção judicial em definitivo, a qual transferiria aos empregados a gestão, posse e titularidade do patrimônio da Universidade. A reportagem entrou em contato com a Tuiuti, que informou por meio de assessoria de imprensa que não irá se manifestar até que seja notificada.


      LINK: http://g1.globo.com/parana/noticia/2012/02/mpt-pede-liminarmente-intervencao-judicial-da-universidade-tuiuti-do-pr.html

      Existe outros exmplos, como a UNIG e outros...

      Excluir
  21. bom dia a todos,
    Infelizmente sou aluna dessa instituiçao, esse seria meu ultimo semestre, confesso que estou bastante preocupada com tudo que está acontecendo e estou mais chateada porque tenho que continuar pagando as mensalidades sem ter a prestaçao dos serviços e sem saber para onde está indo o meu dinheiro, por outro lado os professores estao certos em reinvindicar seus direitos é mais que justo afinal de contas nem relogio trabalha de graça. Estou estarrecida com o tamanho da falta de respeito,de carater,cara de pau com que esses gestores estao tratando os professores e os alunos, isso tudo é nojento, porque nos tratam dessa forma? Pois nós alunos somos os que mantemos essa instituiçao de pé somos nós que fazemos ela acontecer com o nosso dinheiro suado.
    mereciamos um pouco mais de respeito e humanidade.
    Hoje me envergonho de dizer que estudo ou estudava quando tinha aula nessa instituiçao falida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara aluna.

      Se você está pagando,quando terminar seu curso não tem que pagar por mais nada. Aliás a prestação de serviço deverá ser cumprida sob pena de reparação de danos. Acredito que tudo vai ser resolvido em tempo hábil. Entendo seu lado e entendo dos professores, e apesar de não estar na Instituição me solidarizo com todos.

      É um grande impasse!

      Os professores estão sendo desrespeitados desde 2003 e os alunos nem sabiam. Eles estavam desde esta época, por vocês, suportando o DESRESPEITO e a HUMILHAÇÃO de ter que pedir: 'por favor' , me paguem!!! Isso é humilhance e recebiam em 'migalhas'. Eu mesmo passei por isso, mas suportei 2anos e botei a boca nomundo. Com isso fui demitido. Fazíamos tudo para não passar pra vocês esses problemas.

      Fomos ameaçados e faziam reuniões pressionando-nos, dizendo indiretamente que se continuássemos com o movimento seríamos demitidos, e assim desencadeou mais revolta.

      Hoje, os professores estão mais firmes e estão lutando na linha de frente uma vez que a situação tornou-se insustentável.

      É assim que eles nos tratam.

      Ficamos em silêncio por vocês e ainda continuamos preocupados. Vemos isso nas ASSEMBLEIAS , pois comentamos muito sobre isso.Mas... diga-me. O que fazer?

      Abraço cara aluna e obrigado pelo apoio.

      Excluir
    2. Querida, você não mereceum poucomais de respeito não! Você merece é muito mai respeito. Aliás vcs e nós professores merecemos todo respeito, pois toleramos já o intolerável. Entramos nessa briga para ganhar. Ganhar por nós e por voces. Ganhar mais respeito e melhores condições de trabalho para nós e de aprendizado para vcs. Todavezque a universidade é mal avaliada ficamos sabendo que existe uma lista de culpados são eles: Em primeira mão os alunos, segundo eles incapacitados, preguiçosos e etc, em segundamão o governo qu,e entre outras coisas, não avalia corretamente, e, nas entrelinhas, deixam transparecer um terceiro culpado, os professores. Aí então começa a caça às bruxas. E eles, que responsabilidade eles tem neste processo? Nenhuma na opinião deles!!!!????....#@%&**. O que vc acha?

      Excluir
  22. Professor.
    A única forma de resolver o passado é esquecendo-o.
    Como já AFIRMEI, ninguém ganha nada de Levinson na Justiça.
    Querer auditoria, remexer em coisas antigas, é absurdament infrutífero. Já passei do tempo de brigar por brigar. A expectativa de vitória é nula para quem conhece os meandros da política/justiça estadual.
    Ou os professores buscam retomar a UniverCidade ou ficarão extenuados, rancorosos, impotentes e etc.
    A relação de forças é descomunal. Tenho absoluta certeza de que 99,99% dos professores não conhecem as entranhas do Estado/País.
    A "associação" é muito maior e ampla do que eu imaginava antes de ser coagido a resolver o processo para um enorme grupo ligado a um enorme governador que, por sua vez, era ligado ao etc, etc, etc...
    Esqueçam litígios, façam acordos e assumam a Direção da UniverCidade. O tempo corre contra os credores e o MEC acabará por intervir e cerrar a Instituição.
    Brigar por brigar é inócuo.
    Repito, esqueçam Levinson!
    Sds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo. Entendo. Para fazer isso tem que ser através da JUSTIÇA e o SINPRO poderá requerer a INTERVENÇÃO JUDICIAL para essa finalidade.

      Excluir
    2. Mas para a INTERVENÇÃO terá que ser no momento da aplicação da SENTENÇA, isto é, EXECUÇÃO DA SENTENÇA, QUANDO NÃO TIVER OUTROS MEIOS PARA PAGAR OS PROFESSORES. INFELIZMENTE É UM PROCESSO ÁRDUO, MAS QUE TEM DE SER AGILIZADO EM EMPO RECORD.

      Não pdoe ser requerimento a parte. Tem que ser através dos processos que o SINPRO está providenciando, que se trata de salários. O MP pode fazer isso também no PROCESSO que está ajuizando.

      Excluir
  23. Caro professor brasileiro,
    Realmente nós alunos nao sabiamos de tamanho desrespeito com nossos mestres, somente agora soubemos o tamanho do problema, é por esse motivo que estamos apoiando os professores nesse momento dificil para todos nós, ainda bem que contamos com sua ajuda para divulgar os acontecimentos exatamente como é, e disponibilizar um meio de comunicaçao para que possamos nos manisfestar. Com tudo que está fazendo, aceite meu respeito e minha sincera admiraçao.

    ResponderExcluir
  24. Professor, esqueça Justiça!

    20 anos..... quer????

    ACORDO, nada mais!

    JM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo. ACORDO? eles também não cumprem os acordos.

      Excluir
  25. Acordo na Justiça do Trabalho, Mestre!

    Enfim, há acordos e acordos.

    Imissão de posse, imediata!

    O Levinson não quer é pagar. E não pagará!

    Importar-se com alunos, com professores?

    Levinson????

    Boa sorte!

    E.... bom 2025!

    Ou....mais?

    Opção é resolver com pouco litígio, o pit bull é enorme!

    E é parte de uma matilha!

    Acredite.....

    ResponderExcluir
  26. O rei do 171 tomou um balão do novato reitorzinho. Quem diria, depois de velho e tantos golpes...... tomou bola naa costas. Agora o Roninho volta sozinho para a sua lavanderia e Paulinho reassume a Gama. É, a vida dá voltas...... Esse bandido ainda pagará em vida para sentir o gosto da traição. Achou que sempre ganha? Dessa vez PERDEU!!!!!

    ResponderExcluir
  27. cuidado gente, esles estão perdidos,nunca poderiam imaginar tamanha coragem do atual copro docente da univercidade,vamos continuar até o fim.Nada de aceitar migalhas. esse tempo já não nos pertence mais.Parabéns para os professores guerreiros e azar para os fracos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professores da Univercidade que aderiram a greve estão de parabéns. Os que furaram a greve ....prefiro ñ comentar pois ñ quero baixar o nível. No entanto, sinto por essas pessoas a tal da VERGONHA ALHEIA. Mas penso: será que eles sentem a mesma vergonha que nós sentimos em relação a conduta vergonhosa deles?

      Excluir
  28. Acho que o grupo blindado da praça XI, começou a sentir o tamanho da coisa......Alguns dos covardes já começaram a passar para o nosso lado.Vamos dar um voto de confiança para eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quais as razões para concedermos um crédito de confiança? Eu sei nós cometemos erros, atire a tal "pedra" aquele que nunca errou. Fato é: caráter ñ se muda da noite para o dia. Mas é melhor conhecer o inimigo visível, do que o invisível. Acho que ñ devemos hostilizar. Vamos tratar com civilidade. Gente, quem é ruim se destrói sozinho. Nessa vida ou na outra. É só meu ponto de vista

      Excluir
    2. Antes tarde do que nunca, colegas! Também mantive minha dedicação durante muito tempo.

      Não sou a favor de greves a revelia, mas reconheço a greve como um instrumento indispensável que deve estar, como legalmente esta, a disposição da parte mais fraca nas relações de trabalho. É um direito que deve ser usado apenas em situação extrema, como o que vivenciamos no momento.

      Furar greve não é um bom caminho temos que respeitar a vontade da maioria e procurar influencia-la se for o caso mas jamais boicota-la. Isto é ficar contra nossos companheiros de profissão.

      Nós toleramos tudo, fomos ao nosso limite. Mas quando resolvemos agir foi para valer! Professor é ser socialmente politizado. Sabe o que quer! Entendemos perfeitamente o nosso papel na sociedade. A nossa responsabilidade presente e na construção do futuro.

      Intervenção judicial já.

      Sempre acreditei, desde o início, desta bagunça, que os funcionários são capazes de administrar a instituição melhor do que estes "empreendedores" sem escrúpulos, com vocação para ditadores.

      Democracia é sinônimo de respeito às diferenças e isto, infelizmente, não é vocação de todos.

      Mas será necessário uma estrutura totalmente democratizada.


      Professor Universal

      Excluir
  29. O grupo de professores mercenários da univercidade está se desintegrando.Não é professora Palmira? Está com medinho?

    ResponderExcluir
  30. não citem universidades fálidas no Brasil, vai que, vai que o Márcio compre elas todas...

    ResponderExcluir
  31. Saiu salário de abril hj. 10/5.
    E de março??? E o 13º??? Fgts???
    Será q sai algum dia??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos corrigir esta informação do post 10 de maio 20:37.
      Não saiu o salário de abril e sim uma parte do salário de abril

      Excluir
    2. vamos corrigr mais uma vez saiu umas "migalhas de Abril" esses caras ... não tem senso de ridículos mesmo!!

      Excluir
  32. Galera! A "quadrironald" jogou a isca, não vamos entrar na deles. Pois, não precisamos de esmola, precisamos receber o que nos devem, não devemos recuar. Essa migalha não resolve os problemas, suas promessas nunca são cumpridas.
    "Roninho" o dia do juízo final está chegando! Você e sua equipe vão apodrecer no fundo de uma jaula, jaula não, jaula é lugar de animais que nos respeitam. Vocês irão de mãos dadas para as trevas, juntos com os traidores da Pça 11 e os "Fura-greves".

    ResponderExcluir
  33. O que depositaram pra gente afinal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Migalhas para ciscarmos como galinhas! Queremos tudo, queremos respeito, fgts, 13º e etc.... Não somos idiotas. Saiam do esconderijo. Abram o jogo. Não aceitamos mais promessas.

      Excluir
  34. Para aqueles que não frequentam as assembléias, informo que foi aprovada por unanimidade a condição INEGOCIÁVEL para o retorno das aulas: 100% de MARÇO; 100% ABRIL e 1/3 de FÉRIAS (33%). O total INEGOCIÁVEL é de 233%. Significa dizer que os R$ 2.000,00 depositados na última quinta-feira não resolve nada. E para aqueles que pensam que a coisa se resolve com depósito, lembro que o caso hoje é discutido e decidido em assembléia. Não é o professor A, B ou C que decide pelo retorno. A assembléia decidiu por unanimidade pela greve e só a próxima assembléia, dia 16 de maio, quarta-feira que vem, poderá decidir alguma coisa e, a julgar pelo momento atual, a greve deve permanecer até que a instituição cumpra o mínimo da proposta enviada esta semana e descrita acima. Força e coragem. Não podemos recuar. "PRA CIMA DELES".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo amigo, fui demitido em dezembro último, mas só tomei conhecimento eno final de fevereiro! Que absurdo! Gostaria de saber se existe algum impedimento legal para que eu participe das assembléias. Estou com uma vontade enorme de ajudar dar porrada nestes cretinos!

      Estão pensando que professor é cahorro!

      Meus cachorros são muito mais bem tratados do que os professores nesta empresa de gestores de merda!

      Excluir
    2. Prezado professor.

      SEJA BEM-VINDO EM NOSSAS ASSEMBLEIAS. SUA FORÇA E NOSSA FORÇA!

      COMPAREÇA DIA 16 DE MAIO AS 18 HORAS. ACOMPANHE O BLOG PARA VER O LOCAL ESTIPULADO.

      Eu fui demitido em dezembro de 2009 e continuo aqui.

      Abraço.

      Excluir
  35. Os fatos que se sucedem no tempo não são conseqüência necessária dos que os antecedem.

    O Rio de janeiro é pobre, com uma legião de analfabetos, doentes e inválidos, com criminalidade infrene e miséria generalizada; um sistema educacional vergonhoso. Não tem estradas decentes e muito menos ferrovias, e seus policiais civis e militares estão à míngua.

    Os recentes episódios envolvendo ocupantes de cargos no Executivo e no Legislativo, denunciados por corrupção e delitos diversos, enxovalham o Estado, expõem-nos à execração pública, ao ridículo nacional e elegeram valhacouto de megatraficantes e bandidos de todos os matizes.

    Esses graves desvios de conduta, que não existem apenas na órbita estadual e municipal e refletem a decomposição moral e ética generalizada, são
    conseqüência natural da falência da educação, da incompetência, do descaso e da inoperância de órgãos públicos e dos maus exemplos de integrantes das classes dirigentes.

    As reformas do ensino são feitas sem critério e os cursos universitários proliferam atendendo a interesses políticos e financeiros; o governo federal cria universidades sem necessidade real e sempre sem contar com professores capazes disponíveis e infra-estrutura adequada; os universitários são submetidos a uma pletora de disciplinas ornamentais, supérfluas e até inúteis, mas nem conseguem falar e escrever de forma compreensível. O desastre é generalizado.

    Há muito tempo, entretanto, as universidades ensinavam o que era necessário à formação intelectual e profissional e incutiam valores morais e éticos permanentes.

    A falta de cobertura jornalística da greve dos professores da Universidade da Cidade (UniverCidade) mostra que, decididamente , a sociedade carioca está sem porta-vozes e, sobretudo fora do mundo real.

    Os professores estão com salários atrasados e a entidade educacional não respeita as leis trabalhistas.A instituição prefere reservar seu repertório de declarações contrárias ao movimento grevista .

    Afinal, se a educação é uma ciência, a política educacional é apenas uma política. Assim, a greve dos professores da UniverCidade é , na verdade, uma questão política.

    Seria ingenuidade acreditar que a entidade foi fundada para formar uma legião de ‘”massa crítica”, ou mesmo com objetivos educacionais.

    Precisamente por não haver preocupação educacional, a UniverCidade vive um paradoxo filosófico : procura-se montar um “sistema do saber” através da desmoralização de seus mestres, que estão dando aulas sem receber.

    O estudante que paga mensalidades, mesmo que não esteja disposto a lutar pela prerrogativa de mudar o falido sistema educacional, percebe nitidamente quando e por que tal direito lhe é confiscado. Assim como percebe, no metrô lotado, que uma mão esperta entrou no bolso de sua jaqueta e vai, inevitavelmente, bater-lhe a carteira.

    Ass: Professor Sem Dignidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo! Não se coloque como sem dignidade!

      Isto apenas caberia se não estivessemos lutando!

      Infelizmente é assim: à imprensa falta postura crítica e compromisso com a verdade ou sobra-lhe conivência. Até entendo pois o Sr. Ronald me parece quase um sócio da imprensa.

      Sou muito mais a cidadania. Exercendo-a com afinco vamos atropelar estes cretinos, vamos mostrar-lhes que somos professores, que não fugimos da luta, pois entendemos perfeitamente o nosso papel na sociedade.

      Vamos para cima deles amigo e com muita, muita dignidade. Porque eles são os bandidos que estão nos roubando, nós os cidadãos exigindo nossos direitos!


      Não vamos aceitar esta migalha, não vamos ciscá-la e nos dar por satisfeitos.

      Não somos galinhas, somos Águias, parodiando o filósofo Leonardo Boff em sua obra "A Águia e a Galinha".

      Nascemos para ser livres e professarmos a liberdade e a justiça.


      Professor Universal

      Excluir
  36. Sou professor da Univercidade Informática e hoje recebi um telefonema
    de um dos coordenadores sobre o depósito de parte do mês de abril e
    pedindo retorno as aulas!?? Senhores, sinceramente, não fiz mestrado
    e doutorado para receber esmolas. Uns pusilânemes são esses coordenadores
    , professores como nos, fazendo esse papel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo! Vamos chamá-los apenas de Galinhas!

      Manda estes galinhas irem ciscar no quintal do Ronald, Márcio, da Galiléia toda! Eles levam jeito!

      Excluir
  37. A verdade é que pela vontade dos funcionários, não haveria nenhum dia de greve. Nós só queremos mesmo é respeito e saber quando vamos receber nossas verbas, mesmo que com atraso de 10 ou 15 dias. O que nunca vamos aceitar é não receber os salários, não receber indenizações quando demitidos e nunca também receber informações do nosso emregador.
    Se fossem organizados. Teriam depositado esta migalha de hoje no dia 09/04 e estaríamos dando aula normalmente, os alunos não teriam saído da U.C, outros tanto não estariam depositando em juízo as mensalidades e evitariam, assim, as altas indenizações que estão vindo por aí.
    Que tal se os adminsitadores nos fizessem uma proposta com o seguinte cronograma:
    10/5 - pagaram março dos administrativos e uma parte para os docentes;
    11/5 - pagam abril dos administrativos e o saldo dos docentes (março e abril);
    14/05 - Pagam o terço de férias, o saldo de salário de janeiro;
    14/05 - publicam uma circular decretando: 1)a volta dos SMS para avisar alunos de eventos e faltas; 2)cronograma de depóstios de FGTS afim de regularizar tudo em até 03 vezes; 3)aceitação de todo o período de greve e afirmando que não haverá desconto nos salários com faltas; 4)a estabilidade de até Julho/2013 (12 meses) para todos os professores, salvo os casos de causa justa; 5)abertura de turmas especiais de Mestrado para os professores, já que eles querem ensino de excelência;
    15/5 - pagamento integral das demissões de 2011;
    16/05 - pagamento das parcelas faltantes do 13º/2007
    17/05 - publicação de circular sobre integralização ao salário de Maio que será apgo até o 5ºdia útil de Junho, do dissídio da categoria.
    Não amigo, não é loucura. Toda empresa, por menor que seja, nunca fica silente sobre seus débitos. Ao menos um cronograma de intenção de pagamento eles fazem e assim vão vivendo.
    Sorte para todos.

    ResponderExcluir
  38. O Braga voltou a ser o reitor, é sinal que a Galileo tá batendo em retirada ou mais um laranja na historia?

    ResponderExcluir
  39. Já tem nova postagem - HOJE DIA 10/05: www.professorbrasileiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Um golpe de mestre

    1) Sabemos que em verdade o grupo Galileo não exite. É apenas uma empresa de "fachada"
    2) Quem ainda mais é o Ronald Levinson e o Paulo Gama (2 bandidos que muitos insistem em chamar de "doutor")

    3) Mas veja que interessante:
    Em 09/Maio depositaram 2.000,00 alegando falta de verbas.
    Imagine por exemplo que temos 40 tempos.
    Se voce tem 5 professores, cada um dando 8 tempos, eles recebem em dia e a instituição alegar ter dinheiro para pagar até 2.000,00
    Mas, se temos apenas 01 professor ministrado estes 40 tempos, ele recebe apenas por 08 tempos.

    Se a institução tem dinheiro para pagar 2.000,00 x 5 professores, o que impede de ter dinheiro para pagar 01 professor que acumula 40 tempos?

    Mas então entra o Golpe de Mestre: pagando no máximo 2.000,00, enfraquece a greve. O professor que ganha até 2.000,00 não entra em greve. E assim, quem tem dedicação integral de 40 tempos que se dana.

    Galileo é uma empresa fantasma. Gerida por BANDIDOS. Que assinam acordos perante Juízes do Trabalho e não cumpre. E a Justiça(?) brasileira nada faz.

    Temos 02 Ministros do Supremo dando aulas na Unidade Ipanema. Ou seja, 02 ministros que são empregados de uma empresa que demite em massa, não paga FGTS há 10 anos, não cumpre acordos, paga pedaços de salários para enfraquecer a greve.

    E os tolos dos professores da UGF (sou um deles) acham que está tudo bem e não farão greve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse estes ministros caía fora! Mas eu sou professor não sou Ministro. Se tem Juiz, Delegado,Senador, Deputado, Pastor,Padre bandidos,...,corruptos,..., por que não haveremos de ter algum ministro!

      Quem sabe!

      Felizmente, no direito tem um situação chamada, se não me engano,declaração de suspeição. Bem, mas eles passam a bola para um compadre e fica tudo vira festa.

      Imbatível meus amigos só Deus. Deus! Ele esta com os Professores! Por razões óbvias.

      Excluir
    2. Concordo, somente Deus é imbatível não dorme nunca e está no controle. Tudo que eles tem plantado vão ter que colher, dessa ninguém escapa!
      Sou aluna e apoio os professores nessa luta.

      Excluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro